Sobre o Aikido

O AIKIDO, arte originária do Japão, busca coordenar à perfeição as atividades conjuntas do corpo e da mente, em profunda unidade com as leis naturais. Não é apenas uma arte marcial, técnica de defesa pessoal ou um esporte. É um caminho para o crescimento do homem.

No plano corporal/mecânico, o AIKIDO caracteriza-se por técnicas de projeção ou torções de articulações que neutralizam o agressor, aproveitando sua própria energia com um mínimo de força física.

O AIKIDO tem como diferença fundamental, quando comparado a outras artes marciais, a ausência de competição entre os praticantes e uma forte ênfase na preservação dos valores morais, na disciplina e na hierarquia. A competição no AIKIDO é da pessoa com ela mesma. A cada momento o praticante busca, assim, ser melhor do que era antes.

Outras marcas fundamentais do AIKIDO são a disciplina, o respeito e a valorização do mais velho ou mais antigo (hierarquia), a gratidão e a honra. Para aqueles que pensam que a ausência de competição entre praticantes torna a pessoa despreparada para viver em nosso mundo altamente competitivo, contrapomos o fato de que conseguindo superar as próprias dificuldades, limitações e medos interiores, nós estaremos altamente qualificados para competir com pessoas (e situações) que tiveram um treinamento voltado apenas para o exterior.

Nossos maiores inimigos são: insegurança, preguiça, desarmonia, desequilíbrio, fraqueza de caráter e desrespeito para com o próximo (ausência de uma visão ecológica), e não podemos menosprezá-los.

O AIKIDO não quer habilitar a pessoa apenas para o combate físico, mas sim para lutar pelo seu sustento, por uma vida mais harmônica, por um convívio social mais pleno, pela felicidade. Enfim, lutar PARA SER CADA DIA MELHOR!

A história do AIKIDO

O fundador do Aikido, Morihei Ueshiba, nasceu no Japão em 1883. Esta era uma época em que ainda estavam bem vivos todos os conhecimentos e valores morais dos antigos Samurais.
Devotou-se a um severo treinamento de condicionamento físico e à prática de artes marciais, atingindo elevado nível de proficiência em diversos estilos de Ju Jitsu, esgrima e luta com lança.
Entretanto, apesar de suas impressionantes potencialidades físicas e marciais, Ueshiba sentia-se muito descontente. Começou então a peregrinar por diversas práticas ascéticas e meditativas, objetivando encontrar um significado mais profundo para a vida, ao mesmo tempo em que continuava a persistir em seus estudos através do caminho marcial. Ele criou o moderno Aikido combinando seu treinamento marcial com suas ideologias DE CRESCIMENTO INTERIOR E DE EVOLUÇÃO ESPIRITUAL do homem.

História do Aikido no MundoMorihei Ueshiba

O atual Doshu (dono do caminho) é o Sr. Moritero Ueshiba, neto do fundador Morihei Ueshiba e filho de Kishomaru. Além de ser o líder máximo do AIKIDO a nível mundial, ele dirige e leciona no Hombu Dojo (Dojo Central do AIKIDO no Mundo, local onde Vargas Sensei já efetuou diversos treinamentos intensivos), abrigando sob a sua influência as entidades legais que subsidiam o AIKIDO no mundo, a AIKIKAI Foundation e a IAF (International AIKIDO Federation), todas localizadas em Tókio, no Japão.

História do Aikido no Brasil

O AIKIDO foi introduzido no país pelo Shihan Reishin Kawai (1931 – *) no início da década de 60, sob orientação do já falecido mestre 9º grau Arimoto Murashige, que era o Representante do AIKIDO para o Ocidente. Atualmente, o Shihan Reishin Kawai (faixa preta 8º grau), ligado às entidades AIKIKAI e IAF, preside a Confederação Latino-americana de AIKIDO. Reishin Kawai reside em São Paulo, onde exerce, além do AIKIDO, medicina oriental, sendo muito respeitado pelo seu conhecimento em ambas as áreas.

História do Aikido no Rio Grande do Sul
O AIKIDO veio para o estado no final da década de 80, trazido pelo Sr. Roberto Maruyama (atualmente 6º grau) e sob supervisão de Kawai Shihan. Maruyama Sensei, pouco tempo mais tarde, retornou a São Paulo, onde agora é responsável pelo Maruyama Dojo. Assumiu, então, a responsabilidade de continuar o trabalho, por indicação de Maruyama Sensei, o seu discípulo, o Sr. Roque Vargas Filho, que há mais de 35 anos trilhava o caminho das artes marciais, com graduações em Judo e em Shorinji-kempo. Vargas é o líder e orientador técnico do AIKIDO-RS, que é ligado ao Hombu Dojo (Japão).


Vargas Sensei, (1950 – * ) faixa preta 5º grau, é, por designação de Kawai Shihan, o responsável pelo AIKIDO no RS, com 45 anos de prática e ensino em artes marciais. Vargas desenvolve um trabalho em Porto Alegre há mais de 19 anos, lecionando em diversos horários no Dojo Central de Porto Alegre, sendo o responsável pelo ensino em diversas academias no Estado. Vargas tem sido também um incentivador do uso do AIKIDO no trabalho policial, por meio da realização de cursos para a Guarda Municipal de Porto Alegre, para os monitores da FEBEM/FASE e para os policiais militares e civil, além de oferecer descontos significativos a estes em seus Dojo(s).


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s